Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

MDIC apoia a realização de Seminário Internacional sobre recarga de veículos elétricos

22/05/2017

Entre os dias 31 de maio e 1º de junho ocorrerá o Seminário Internacional Sobre Recarga de Veículos Elétricos. O evento é organizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), e possui apoio do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), por meio do Projeto Sistemas de Propulsão Eficiente (PROMOB-e), uma parceria entre MDIC e a GIZ, Agência de cooperação do governo alemão.

A proposta do seminário é apresentar experiências internacionais sobre o desenvolvimento da infraestrutura para recarga de veículos elétricos e a visão de atores-chave para o desenvolvimento dos veículos elétricos no Brasil. O evento irá colaborar, desta forma, para o atual debate sobre o arcabouço regulatório e as especificidades brasileiras relacionadas aos veículos elétricos.

Nos próximos meses, a ANEEL abrirá uma Audiência Pública para tratar deste assunto. A sociedade é convidada a participar das discussões. Serão apresentadas as informações necessárias aos interessados em contribuir para a regulamentação da recarga de veículos elétricos.

Veículos elétricos 

Já há mais de 2 milhões de veículos elétricos no mundo, com mais de 1.450.000 pontos de recarga conectados à rede de distribuição. Mais do que uma tendência, os veículos elétricos têm se apresentado como uma solução para redução das emissões e uma opção para os que buscam meios de transporte ambientalmente amigáveis

Países como Alemanha, Inglaterra e Canadá estabeleceram metas ambiciosas para redução de emissões de carbono que, no futuro, apontam para a eliminação da fabricação de veículos com motores à combustão interna. Todos os grandes fabricantes de automóveis já possuem veículos elétricos para a venda.

Do ponto de vista tecnológico, os veículos elétricos são mais eficientes e emitem menos poluentes durante seu funcionamento.  O acelerado desenvolvimento tecnológico tem possibilitado uma constante redução de custos, em especial das baterias, componente-chave deste tipo de veículo. Mantido o ritmo de redução de custos observado até o momento, em alguns anos, os preços dos veículos elétricos tendem a se tornar comparáveis aos automóveis tradicionais.

Uma infraestrutura disseminada de recarga é fundamental para suportar a expansão da frota de veículos elétricos, pois transmite segurança aos usuários deste tipo de transporte. A questão chave, no entanto, é que essa infraestrutura não se paga pelo serviço de recarga no desenvolvimento inicial da frota de veículos elétricos. A experiência mundial sobre recarga de veículos apresenta diferentes soluções para essa questão, abrangendo desde uma infraestrutura sendo custeada inteiramente por empreendedores até a utilização de recursos governamentais.

* Com informações da ANEEL



Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017