Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

Empresas buscam mercado externo como saída para a crise

02/05/2017

O câmbio menos competitivo e a perda de rentabilidade não reduziram o apetite das empresas brasileiras por mercados internacionais, num contexto em que as exportações se tornaram a porta de saída da crise. Segundo dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o número de companhias exportadoras do País, que já tinha sido recorde em 2016, continua em alta neste ano. Só no mês de março, 12,2 mil empresas exportaram seus produtos ao exterior, na maior marca mensal de uma série iniciada em janeiro de 2015. Levantamentos anteriores, que consolidam resultados anuais, já mostravam que o número vem subindo desde 2013 e, não por acaso, ganhando corpo à medida que a recessão econômica se agravava. Com a crise, as empresas tiveram de buscar mercados no exterior para, de um lado, diminuir a ociosidade das linhas de produção e, de outro, escoar estoques não consumidos por clientes nacionais. As informações estão na edição de hoje do jornal O Estado de S.Paulo.

Fonte:O Estado de S.Paulo


Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017