Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

MDIC e Departamento de Comércio dos EUA vão aumentar intercâmbio no setor de Serviços

19/01/2016

O Secretário de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Marcelo Maia, esteve reunido na segunda-feira, dia 18 de janeiro, com o subsecretário de comércio dos Estados Unidos, Ken Hyatt, para debater questões bilaterais sobre o setor de serviços e de varejo.

Segundo Marcelo Maia, a reunião tratou de diversos temas, mas alguns temas foram transversais tanto para o lado brasileiro como para o lado americano, em especial o comércio eletrônico. “Estamos estudando o mercado de e-commerce europeu, mas também é importante entender como os norte-americanos trabalham com temas como direito do consumidor e questões trbutárias. Com base nessas experiências teremos os insumos necessários para criar um ambiente de comércio eletrônico mais seguro para as empresas que operam no Brasil”, avalia.

Entre outras pautas, o encontro tratou também do comércio bilateral de serviços profissionais, de regras específicas para logística refrigerada e questões sobre serviços de remessa expressa.

Durante a reunião, o secretário Ken Hyatt se comprometeu na próxima reunião bilateral a apresentar as políticas implementadas pelo governo norte-americano para fomentar o setor varejista, que hoje é o principal empregador nos EUA, ação que teve grande impacto na recuperação econômica após 2008. “Entender, do ponto de vista de governo, o que podemos fazer é muito importante. O varejo é onde a economia encontra a população. O consumidor não se relaciona com a indústria e nem com o setor de agronegócio, mas sim com o varejo.

Hyatt apresentará ainda detalhes do programa desenvolvido pelo governo dos EUA para apoiar a internacionalização das varejistas americanas “Entendemos que esta troca de experiência é muito importante. Com a retração da demanda interna, o MDIC precisa pensar em soluções que ajudem o varejo brasileiro na busca por mercados externos. Vamos entender como funciona o programa americano e ver quais ferramentas podem ser replicadas em nosso mercado”, avalia Maia.

A próxima reunião entre os secretários Marcelo Maia e Ken Hyatt será em junho, mas haverá uma prévia em março para que as equipes apresentem os andamentos dos respectivos trabalhos.



Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017