Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

Brasil fecha acordo automotivo com Uruguai

28/08/2015

O Brasil fechou em agosto um acordo automotivo com o Uruguai que permitirá a exportação, até 31 de dezembro, de 10.056 automóveis e comerciais leves com isenção de alíquotas e de US$ 99,6 milhões para autopeças. O acordo anterior previa a exportação de 8.504 automóveis e comerciais leves e US$ 99,6 milhões em autopeças entre 1º de julho de 2015 e 31 de junho de 2016. Pelo texto acertado na reunião bilateral, as montadoras brasileiras poderão vender mais e em um prazo menor.
 
Além disso, as empresas importadoras brasileiras terão direito a uma cota de US$ 49,7 milhões, geradas a partir do desempenho importador verificado no último período do acordo. Brasil e Uruguai estabeleceram, ainda, um Plano de Trabalho, que tratará, entre outros pontos, do aumento da integração produtiva entre os dois países.
 
O novo acordo firmado entre Brasil e Uruguai faz parte do esforço do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) para ampliar o acesso da indústria automotiva brasileira a mercados externos, mantendo a produtividade das plantas instaladas no país, o que assegura os níveis de emprego e renda da população.

Em 2015, o governo brasileiro já havia fechado acordos automotivos com o México e a Argentina. No caso do México, a negociação resultou na exportação de 30.152 veículos de janeiro a julho deste ano, aumento de 73% em comparação com o mesmo período de 2014.



Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017