Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

Aumentaram exportações em 12 estados em 2014

21/01/2015

As exportações no ano de 2014 aumentaram em 12 Unidades da Federação na comparação com 2013. Roraima teve o maior crescimento percentual com alta de 139,74%. Ainda assim, as vendas da Região Norte decresceram 7,81%, com remessas de mercadorias no valor de US$ 17,597 bilhões, o que representou 7,82% do total de bens comercializado pelo Brasil com o mundo no ano (US$ 225,1 bilhões). Rondônia (4,01%), Tocantins (22,42%) e Amapá (2,21%) também registraram alta nas exportações, enquanto que os demais estados tiveram quedas: Pará (-10,05%), Amazonas (-10,81%) e Acre (-36,55%).

Na Região Sudeste, Rio de Janeiro (6,33%) e Espírito Santo (16,33%) tiveram crescimento de vendas ao mercado externo. Já em São Paulo, houve queda nos embarques de 8,39% e, em Minas Gerais, a retração foi de 12,31%. No total, as vendas regionais caíram 4,68%. O Sudeste exportou US$ 116,087 bilhões e foi responsável por 51,57% do total vendido pelo país no período.

A Região Sul vendeu ao exterior US$ 44,015 bilhões, o que representou 19,55% do total. Houve queda de 15,39% nas exportações. As vendas catarinenses cresceram 3,44%, mas retrocederam os embarques gaúchos (-25,50%) e paranaenses (-10,46%).

No Centro-Oeste, as exportações tiveram recuo de 3,61%. A região vendeu US$ 27,352 bilhões, o que equivale a 12,15% dos embarques nacionais. Somente o Distrito Federal registrou aumento nas exportações, de 25,82%, enquanto os demais estados tiveram redução: Mato Grosso (-6,44%), Goiás (-0,89%) e Mato Grosso do Sul (-0,21%).

As exportações nordestinas no ano apresentam queda de 7,85%. As vendas somam US$ 15,914 bilhões, valor correspondente a 7,07% das brasileiras. No Maranhão (19,37%), Ceará (3,57%), Piauí (58,16%) e Rio Grande do Norte (1,39%) houve aumento nas exportações. Já na Bahia (-7,75%), Pernambuco (-52,61%), Alagoas (-15,20%), Paraíba (-4,71%) e Sergipe (-7,80%) houve queda.  



Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017