Com a isenção total de tributos na importação de máquinas e equipamentos, os investimentos cresceriam significativamente a ponto de elevar o PIB?

 SIM
 NÃO

 
 

Brasil e EUA apontam importância de eliminação de barreiras regulatórias para promover comércio

11/04/2014

 

Em visita ao Instituto Nacional de Padronização e Tecnologia dos Estados Unidos (NIST), o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Daniel Godinho, ressaltou a importância da harmonização técnica e da convergência regulatória sobre a produção em relação ao comércio. "Devemos identificar áreas concretas nas quais a aproximação regulatória possa promover o comércio bilateral e, assim, eliminar barreiras técnicas ao fluxo de mercadorias”, disse o secretário em reunião com o subsecretário de Comércio para Padronização e Tecnologia do governo norte-americano, Pat Gallagher. 

 

Acompanhado de delegação de representantes de entidades setoriais brasileiras que estão em missão aos Estados Unidos nesta semana, Godinho destacou ser necessário a participação do setor privado no trabalho das agências governamentais que lidam com estes temas. “Desta forma, é possível garantir que as normas sejam efetivas e de acordo com as necessidades do mercado”, considerou. 

 

O NIST mantém parceria estratégica, desde 1984, com o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), vinculado ao MDIC, e recebe pesquisadores de universidades brasileiras em programas de intercâmbio. No trabalho conjunto, os dois institutos já colaboraram em pesquisas e projetos relacionados à medição elétrica, freqüência óptica e padronização de fotometria, entre outros. 

 

Atualmente, NIST e Inmetro também desenvolvem uma agenda comum, no âmbito do diálogo comercial entre o MDIC e o Departamento de Comércio dos Estados Unidos (DoC), em que são tratados assuntos como biocombustíveis, redes elétricas inteligentes e prevenção de incêndios urbanos e florestais, além de outros.

 

Nesta quinta-feira, Godinho se reuniu ainda com o assistente para o hemisfério ocidental do Escritório da Representação dos Estados Unidos para o Comércio (USTR), John Melle, para discutir oportunidades de ampliação do comércio entre os dois países. 



Voltar


BRASIL




GERAIS




adm  ABRACEX - Associação de Comércio Exterior do Brasil - Todos os direitos reservados - ©2017